TESH

Em 4 de maio de 2003, sob a presidência de Maria do Carmo de Andrade Silva, a Diretoria da SBRASH aprovou a proposta de Jorge José Serapião e encaminhou aos associados uma Carta-Edital em que se comunicava a criação do Título de Especialista em Sexualidade Humana (TESH) e a instituição de seu primeiro concurso (I TESH).

O concurso foi realizado durante o IX Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana sediado no Rio de Janeiro entre os dias 1 a 4 de outubro de 2003, no Hotel Glória, e foi regido pelo Edital do I TESH. Naquela época a SBRASH patrocinava oficialmente um Curso de Pós-graduação coordenado por Nelson Vitiello na Faculdade de Medicina do ABC em São Paulo.

Com vistas à regularização dos antigos títulos de especialista obtidos nessa Pós-Graduação, foram baixadas as Normas de Revalidação dos Títulos de Especialista em Sexualidade Humana da SBRASH . Tal documento considerou que os portadores de diplomas referentes àquele curso poderiam solicitar os novos Títulos conferidos pela SBRASH, ficando dispensados de submeter-se às provas. Ampliando esse critério, estariam também dispensados das provas os portadores de Títulos de Mestre ou Doutor em Sexualidade Humana, outorgados por Instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo Ministério da Educação.

Para esse I TESH constituiu-se uma Comissão Avaliadora encarregada de elaborar as provas. A comissão foi presidida por Jorge José Serapião e seus membros foram Antonio Pereira Bueno Filho, Celso Marzano, Helena Theodoro Lopes, Heitor Hentschel, Jaqueline Blender, Mabel Cavalcante, Oswaldo Martins Rodrigues Jr., Maria do Carmo de Andrade Silva, Maria Luiza Macedo de Araújo, Paulo Roberto Bastos Canella.

No convite à participação, sugeriram-se os tipos de questões que deveriam ser elaboradas . Tais questões foram uniformizadas e as provas foram confeccionadas pela presidência. A partir disso, juntamente com a reforma do Estatuto da SBRASH, foi criada a Diretoria de Titulação com a responsabilidade de promover os concursos durante os grandes eventos promovidos pela Instituição.

O segundo concurso para obtenção do TESH (II TESH) foi organizado e coordenado por Amparo Caridade. A prova ocorreu no X Congresso de Sexualidade Humana em setembro de 2005 na cidade de Porto Alegre. Durante esse Congresso, a Assembleia Geral da SBRASH oficializou o rompimento do convênio de patrocínio da SBRASH ao curso de Pós-Graduação administrado pelo Nelson Vitiello, no ABC. Assim, os diplomas emitidos pelo Curso de Sexualidade Humana, expedidos pela aquela Instituição até setembro de 2005, teriam equivalência ao TESH da Sociedade.

O III TESH foi realizado durante o XIII Congresso Latino Americano de Sexologia e Educação Sexual (CLASES) em Salvador da Bahia, de 19 a 22 de abril de 2006. Nesse concurso foram instituídas questões teórico-prática, além das questões de múltipla escolha. Também foi proposto por Jorge José Serapião, ao então Presidente da SBRASH, Oswaldo Martins Rodrigues Jr. que conferisse o TESH por notório saber a alguns dos associados.

Desde sua instituição, os títulos de Especialista em Sexualidade Humana são concedidos pela SBRASH nas áreas de Terapia Sexual, Educação Sexual e Sexologia Social segundo as normas constantes nos EDITAIS de cada concurso. Ao longo dos anos, em diferentes gestões, as seguintes edições do Concurso do TESH foram realizadas:

 

TESH

LOCAL

DATA

DIRETORIA DE TITULAÇÃO

PRESIDENTE DA SBRASH

I

IX Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana
Rio de Janeiro

2003

Jorge José Serapião

Maria do Carmo de Andrade Silva

II

X Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana
Porto Alegre 

2005

Maria do Amparo Rocha Caridade

Jaqueline Brendler

III

XIII Congresso Latino Americano de Sexologia e Educação SexualSalvador

2006

Jorge José Serapião

Oswaldo Martins Rodrigues Jr.

IV

XI Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana Recife

2007

Jorge José Serapião

Oswaldo Martins Rodrigues Jr.

Não

Houve

XII Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana Foz do Iguaçu

2009

Jorge José Serapião

Paulo Roberto Bastos Canella

V

XIII Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana Londrina

2011

Jorge José Serapião

Maria Luiza Macedo de Araújo

VI

XIV Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana Rio de Janeiro

2013

Jorge José Serapião

Maria do Carmo de Andrade Silva

VII

Simultaneamente em Múltiplas Capitais

2015

Lina Wainberg

Iracema Teixeira

XVIII

XVI Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana Campinas

2017

Lina Wainberg

Itor Finotelli Jr.