Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

Sexo, sexualidade e gênero

Título: Sexo, sexualidade e gênero
Autor(es): P. R. B. Canella
Ano: 2006
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 17
Número: 1
Páginas: 81-100
Tipo de Artigo: Artigos Opinativos e de Atualização
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: bissexualidade; determinismo sexual; transexualidade; bisexuality; sexual determinismo; transexuality
Língua: Portuguese

Resumo: O gênero humano é constituído por seres diferenciados que se reproduzem sexuadamente e que trazem inerente uma bissexualidade que se impõe à partir da androginia nos mitos gregos até a bipotencialidade revelada pela indiferenciação dos embriões. O autor discorre sobre as diversas etapas evolutivas, quais sejam os chamados sexo genético, sexo gonádico, sexo somático, sexo legal, sexo de criação e sexo psico-social. Embora esteja presente um determinismo e uma diferenciação nos quais a biologia constrói indivíduos necessariamente de um dos dois sexos, macho ou fêmea, a bissexualidade se revela pela existência de comportamentos disfóricos em homens e mulheres como homossexualidade, travestismo e transexualidade. Assinala ainda o autor que a idéia de doença forjada pela medicina e pela psicologia para os transexuais levou a criação de etapas diagnosticas e terapêuticas legalmente exigidas para as correções necessárias quando os transexuais buscam tratamento pela trangenitalização. ; The mankind is constituted by beings differentiated that you/ they reproduce sexuadamente and that you/they bring inherent a bisexuality that she impose to leave of the androginia in the Greek myths until the bipotencialidade revealed by the indiferenciação of the embryos. The author talks about the several evolutionary stages, which are the calls genetic sex, gonadal sex, somatic sex, legal sex, drive sex and psico-social sex. Although it is present a determinism and a differentiation us which the biology builds individuals necessarily of an and other the two sexes, male or female, the bisexuality is revealed by the existence of disforics behaviors in men and women as homosexuality, travestism and transsexualism. Still marks the author that the idea of wrought disease for the medicine and for the psychology for the transsexual ones took the creation of stages diagnose and therapeutics legally demanded  for the necessary corrections when the transsexual ones look for treatment for sex reassignment  surgery.

Entrar