O ginecologista e a paciente sexualmente disfuncional

Título: O ginecologista e a paciente sexualmente disfuncional
Autor(es): M. T. Silveira
Ano: 1992
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 3
Número: 2
Páginas: 142-146
Tipo de Artigo: Opinião
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: Durante anos perambulei de Congresso em Congresso, de Curso em Curso, buscando a resposta para uma grande dúvida minha. O que eu faço quando me deparo com uma paciente, no meu consultório de ginecologia, com alguma deficiência no relacionamento sexual? Estudei tanto que até me tornei sexóloga, e agora resolvi compartilhar com meus colegas ginecologistas as conclusões a que cheguei depois de dez anos de estudo e reflexão. Em primeiro lugar é importante que o ginecologista saiba que ele é capaz de ajudar a grande parte das mulheres que o procuram com problemas sexuais. Para isso basta ser um bom ouvinte, ter conhecimentos básicos sobre sexualidade humana e estar disposto a gastar mais alguns minutos na consulta. (resumo indisponível, trecho do artigo).

 

Entrar