Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

O casamento como um ritual de passagem: compreendendo o cotidiano

Título: O casamento como um ritual de passagem: compreendendo o cotidiano
Autor(es): M. d. S. L. Cavalcanti and M. C. d. S. d. Albuquerque
Ano: 1998
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 9
Número: 1
Páginas: 101-125
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: Neste trabalho apresentamos o casamento, enquanto um elemento cultural, que traz em sua complexidade uma riqueza de comportamentos sociais. A busca de respaldo bibliográfico, para compreender um casamento como um ritual de passagem, levou-nos a outras áreas de estudos, como a Sexualidade, a Sociologia, a História e a Filosofia, de forma a poder analisar os aspectos dos diversos rituais, compreendendo-os enquanto inseri- dos num contexto sócio-histórico. Utilizamos a adaptação do esquema de ritual de transição, segundo VAN GENNEP (1978), para apresentar o casamento de nossa informante, como um ritual de passagem. Conhecer a respeito do casamento e seus rituais, em culturas diferentes, enquanto possuidoras de múltiplas faces de vislumbrar o mundo, ampliam a possibilidade de entendimento da sexualidade. A experiência que nos foi relatada por uma mulher da zona rural remeteu-nos à reflexão dos valores simbólicos impostos, reproduzidos nos projetos de vida e de uma sexualidade esbarrada em regras sociais rígidas e restritivas, garantidas por normas, valores, crenças, mitos e símbolos, de elevado valor social discriminatório e repressivo.

Entrar