Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

Fantasias sexuais: uma pesquisa com universitários da zona norte do Rio de Janeiro

Título: Fantasias sexuais: uma pesquisa com universitários da zona norte do Rio de Janeiro
Autor(es): D. C. d. P. Portella and H. T. Lopes
Ano: 2008
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 19
Número: 1
Páginas: 33-49
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: fantasias sexuais; sexualidade; sexo; mídia; sexual fantasies; sexuality; sex; media
Língua: Portuguese

Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar similitudes e diferenças na utilização de fantasias sexuais entre homens e mulheres. Foi realizada uma pesquisa de campo, com 376 estudantes universitários, da Zona Norte do Rio de Janeiro, estando a maioria entre a faixa etária de 17 a 25 anos. O instrumento de levantamento de dados foi um questionário com 17 questões. Para a análise estatística utilizou-se o teste Qui-quadrado. Os resultados demonstraram que a fantasia sexual para homens e mulheres faz parte da vida sexual de uma forma global; porém, os homens, a utilizam com maior frequência nas relações extraconjugais. Ambos sentem-se mais à vontade com parceiros fixos para compartilharem suas fantasias sexuais. Já com parceiros eventuais os homens compartilham mais que as mulheres.  Verificou-se que ambos buscam com pouca frequência recursos eróticos para as suas fantasias sexuais. Chegou-se à conclusão que os padrões de fantasias sexuais entre homens e mulheres desta amostra são semelhantes, apresentando erotismo e romantismo. ; This paper addresses the theme of sexual fantasies. The aim of the present work is to assess the similarities and differences between men and women in their performance of sexual fantasies. A field study of 376 students of the North zone of Rio de Janeiro was carried out, their ages ranging from 17 to 25. The tool for data survey was a questionnaire of 17 questions. The qui-square test method was used for statistic analysis. The results showed that the sexual fantasy is part of both men’s and women’s lives in a general way, although men use them more frequently in extramarital relations.  Both feel comfortable with fixed partners when sharing their sexual fantasies. However, men share more with occasional partners than women. It was observed that both rarely seek erotic devices to accomplish their sexual fantasies. We came to the conclusion that the sexual fantasy patterns of men and women of t h i s sample were similar, both expressing eroticism and romanticism.

Entrar