Exigências, estresse, individualismo, habituação. o que resta para o sexo do casal?

Título: Exigências, estresse, individualismo, habituação. o que resta para o sexo do casal?
Autor(es): M. C. A. Silva
Ano: 2013
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 24
Número: 2
Páginas: 159-164
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 2236-0530
Palavras-chave: casal; sexualidade; estresse; individualismo; couple; sexuality; stress; individualism
Língua: Portuguese

Resumo: Neste artigo procura-se refletir sobre as diferentes formas de estruturação de um casal, sobre o peso das crenças e valores advindos de sistemas mais amplos, como: a família extensa, a importância dada a si mesmo, ao trabalho, aos filhos, ao outro do par, à religião, ao status socioeconômico e ao sexo, no subsistema denominado casamento. Interferência que acontece com dupla entrada, pois são duas realidades biopsicossociais distintas. Por fim, observa-se sobre as exigências, o estresse, o individualismo e a fragilidade do vínculo de casamento no mundo atual, situações que também têm interferido na relação conjugal e sexual do casal. / This article reflect on the different ways of structuring a couple, about the weight of the beliefs and values arising from wider systems, such as: the extended family, the importance given to himself, to work, to children, to the other of the pair, religion, socio economic status and sex, in the subsystem called marriage. Interference what happen to double-entry, two distinct bio psychosocial realities. Finally it is observed on the demands, stress, individualism and the fragility of the bond of marriage in the current world, as well as significant interference in marital and sexual relationship of the couple.

Entrar