Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

Envelhecimento: afetividade, sexualidade e qualidade de vida

Título: Envelhecimento: afetividade, sexualidade e qualidade de vida
Autor(es): M. L. M. d. Araújo
Ano: 2009
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 20
Número: 1
Páginas: 150-154
Tipo de Artigo: Trabalhos de Congresso
ISSN: 2236-0530
Palavras-chave: envelhecimento; qualidade de vida; sexualidade; afeto; aging; quality of life; sexuality; affect
Língua: Portuguese

Resumo: O trabalho discute e envelhecimento como parte das transformações ocorridas, no final do século XX e início do século XXI, na medicina e na sociedade que propiciaram uma expectativa de vida mais longa que nas gerações anteriores. Este fato cria muitos desafios pessoais e interpessoais: homens e mulheres estão mais longevos e a sexualidade passa a ser vivida até a idade avançada; para que a velhice seja vivida de forma produtiva e com qualidade impõe-se que hábitos saudáveis sejam adquiridos desde a mocidade (E por que não da infância?) que preconceitos sejam desfeitos e que a afetividade entre casais ou não, seja trabalhada como uma nova forma de encarar a vida. ; Aging is discussed as part of the social changes in medicine and in society that occurred between the end of the twentieth century and at the beginning of the twenty-first century, which provided expectancy of longer life than in previous generations. It has been created a lot of personal and interpersonal challenges: men and women are older than their previous generations nowadays. Sexuality may be enjoyed without limit of age. Healthy habits are important in order to provide that the aging may be lived wealthy and must be acquired since youngness. Prejudice about sexuality in the third age has to be eliminated and affection between couples or people without regular partners should be increased so as to create a better quality of life.

Entrar