Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

A Neca como dispositivo social na representação do falo

Título: A Neca como dispositivo social na representação do falo
Autor(es): M. F. Guimarães
Ano: 2013
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 24
Número: 1
Páginas: 71-77
Tipo de Artigo: Artigos Opinativos e de Atualização
ISSN: 2236-0530
Palavras-chave: corpo; falocentrismo; neca; dispositivo; body; phallocentrism; neca; device
Língua: Portuguese

Resumo: Este artigo aborda o conjunto de práticas discursivas de gays que, ao fazerem uso de um dialeto próprio, reclamam sua inserção e visibilidade em espaços sociais predominantemente machistas. Para tanto, o texto inicia-se traçando um breve percurso do corpo para se entender como a “neca” se insere como expressão de um universo gay constituído para além desse corpo, ressignificando e legitimando identidades marginalizadas. Apresentam-se, também, os processos que esses sujeitos operam sobre si mesmos de modo a exercitar certo estilo de vida e que implicações tomam essas novas práticas corporais. Por fim, assinala-se que a representação social da “neca” aponta para uma desordem de valor constituída pela ressignificação do símbolo fálico em uma sociedade falocentrista. / This article approaches the set of gay’s discursive practices who, when making use of their own dialect, requesting their inclusion and visibility in predominantly sexists social spaces. For both, the text begins by tracing a brief path to understanding the body how the neca fits as an expression of gay universe constituted beyond this body, giving new meaning and legitimizing the marginalized identities. Also presents the processes that operate on these subjects themselves to practice certain lifestyle and what implications it takes in these new bodily practices. Lastly, it is noted that the neca’ssocial representation points to a value’s disorder constituted by reframing the phallic symbol in a phallocentric society.

Entrar