Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 997

A educação sexual realizada na família e na escola: opinião de escolares adolescentes

Título: A educação sexual realizada na família e na escola: opinião de escolares adolescentes
Autor(es): M. C. P. d. Jesus, V. P. Temer and M. A. d. Silva
Ano: 1997
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 8
Número: 1
Páginas: 133-163
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: educação sexual; sexualidade; adolescência; sexual education; sexuality; adolescence
Língua: Portuguese

Resumo: Trata-se de um estudo descritivo, exploratório realizado em uma escola pública de Juiz de Fora cujo objetivo principal foi verificar a opinião de escolares adolescentes da 6ª série do 1° grau, sobre a educação sexual realizada pelos pais a pela escola. Por meio de um questionário semiaberto buscou-se a caracterização dos adolescentes, suas experiências vividas; nível de diálogo com os pais; opiniões sobre a participação da escola na educação sexual. Os resultados mostraram que adolescentes, em sua maioria, na faixa etária de 12 anos relataram já terem interesse Pelo outro e que receberam as primeiras informações sobre sexo com amigos da mesma idade. O nível de diálogo com pais e professores é pequeno, embora, a maioria desses adolescentes considera que os pais deveriam conversar abertamente sobre o assunto com os filhos na adolescência e que a escola e o lugar apropriado para complementar a educação sexual realizada pela família. Constatou-se caber aos pais, a realização da educação sexual dos filhos, constituindo-se parte integrante da educação global, portanto, a Escola deveria auxiliá-la nessa tarefa. ; This is about a descriptive study explorative made in a public school in Juiz de Fora which the main object was to verity the opinion of teenagers students about sexual education done by parents and the school. By means of a semi-open questionnaire, we win look for the teenagers characterization their lived experiences; dialogue level with the parents; opinions about participation of the school in the sexual education. The results showed that teenagers, most of them in the age of twelve reported that had already showed interest for each other and received the first information about sex by friends in the same age. The dialogue level between parents and teachers is small, although, the most of teenagers consider that the parents could talk openly about this subject with the adolescent children, and that the school is the appropriate place to complementary the sexual education released by family. It was noticed to belong to parents, their children sexual education, so, the school should help them in the task.

Entrar