The sexual brain

Título: The sexual brain
Autor(es): M. B. Maia
Ano: 1994
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 5
Número: 2
Páginas: 251-252
Tipo de Artigo: Resumo Comentado
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: Simon LeVáy é neurobiólogo e seu livro tem como objetivo principal focar os mecanismos cerebrais responsáveis pelo comportamento sexual e pelos sentimentos, bem como as bases biológicas da diversidade de comportamentos sexuais. Em 1991, LeVay publicou um trabalho (Science, vol. 253, pp. 1034-1037), no qual descreve as diferenças da estrutura cerebral entre homens homossexuais e heterossexuais, assumindo a possibilidade de bases biológicas para o comportamento sexual. Neste livro, LeVay faz uma mea culpa no sentido de rever sua crença na dicotomia “psicológico” e “biológico”, ou seja, ele assume a que a dicotomia inexiste a partir do momento em que todos os aspectos da vida mental apresentam, em última instância, um substrato biológico. Para defender sua tese, LeVay discorre, no segundo capítulo (“Evolução do sexo e do comportamento sexual) sobre os prováveis motivos da escolha do sexo como forma preferencial de reprodução. No início da existência da vida sobre a terra, a forma de reprodução dos organismos era a assexual, ainda existente em vários organismos, entre eles flores e lagartos. Por esta forma de reprodução, um organismo origina seus descendentes sem a colaboração de um parceiro, e toda a progênie é geneticamente igual à geração parental, exceto por eventuais mutações. (resumo indisponível, trecho do artigo). 

Entrar