Reprodução assistida e sexualidade

Título: Reprodução assistida e sexualidade
Autor(es): R. M. M. Melamed
Ano: 2009
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 20
Número: 1
Páginas: 124-128
Tipo de Artigo: Trabalhos de Congresso
ISSN: 2236-0530
Palavras-chave: fertilidade; infertilidade; reprodução humana assistida; sexualidade; fertility; infertility; assisted human reproduction; sexuality
Língua: Portuguese

Resumo: São muitos os aspectos envolvidos em sexualidade e reprodução. A biologia e a bioquímica determinam nossas características; a herança, porém é influenciada por questões de cunho social, cultural e emocional.  Fatores religiosos, políticos, socioculturais e familiares influenciam tanto a sexualidade como a reprodução. Apesar de toda modernidade e conquistas ocorridas nos últimos anos, o desejo de maternidade e paternidade é ainda fortemente alimentado.No passado, a infertilidade era a perda do principal recurso natural para a procriação, levando a pessoa a conviver com este diagnóstico que causava impacto negativo no bem–estar emocional, visto que havia uma grande identificação entre masculinidade/virilidade e capacidade de engravidar uma mulher. O desenvolvimento da biotecnologia e da medicina reprodutiva possibilitou uma possível saída para este problema; entretanto as disfunções sexuais capazes de comprometer o nível de fertilidade nem sempre são tratadas, podendo ocasionar prejuízos em diferentes aspectos da vida do sujeito. ; Sexuality and reproduction are composed by many aspects. Biology and biochemistry influence our characteristics, but the inheritance is influenced by social, cultural and emotional aspects. Religious, political, social and family factors influence the sexuality as well the reproduction. Despite all possibilities of the past few years, motherhood and fatherhood are still a huge desire. In the past, infertility was seen as the loss of the main source for motherhood and fatherhood, causing a negative impact in patient´s life. Indeed there was a great identification between masculinity/virility and potential of generate a pregnancy. Biotechnology and reproductive medicine development has provided a toll to solve this problem. However not treated sexual dysfunction which compromises the fertility are not often treated and may cause damage in different aspects of life.

Entrar