Relativizando o sadomasoquismo para uma nova abordagem sexológica

Título: Relativizando o sadomasoquismo para uma nova abordagem sexológica
Autor(es): F. L. Cardoso
Ano: 2008
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 19
Número: 1
Páginas: 51-74
Tipo de Artigo: Artigos Opinativos e de Revisão
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: sadomasoquismo; sexualidade; gênero; corporeidade; sadomasochism; sexuality; gender; body awareness
Língua: Portuguese

Resumo: Este artigo discute um assunto extremamente polêmico na cultura brasileira e ainda recente na academia e no meio clínico ? o sadomasoquismo. Ao discutir as práticas e os significados do mundo sadomasoquista em um sentido introdutório, conceitual, crítico e científico, invariavelmente temos de tocar nas já tão discutidas relações de gênero e poder. Este artigo traz algumas contribuições sobre como as relações dicotômicas como masculino e feminino, dominante e dominado tornam-se um potente combustível nas relações eróticas consideradas marginais, independentemente da orientação sexual de seus participantes. Tem como maior contribuição relativizar o conceito de normalidade e de doença no meio clínico e acadêmico. ; This article discusses an extremely controversial and still recent subject in the Brazilian culture and in the clinic and academic environments ? the sado-masochism. When discussing the practices and the world sado-masochist's meanings in an introductory, conceptual, critical and scientifically sense, we have invariably to talk on genders roles and power relationships. This article brings some contributions on, as the relationships between masculine and feminine, dominant and dominated become a potent fuel in these said erotic and marginal  relationships, independent of ones participants' sexual orientation. Its larger contribution is to question the concept of normality and of disease in the clinic and academic environment.

Entrar