Opinião de estudantes universitárias sobre sexo oral em relações heterossexuais

Título: Opinião de estudantes universitárias sobre sexo oral em relações heterossexuais
Autor(es): E. M. Sanches, L. D. L. Teixeira and O. M. Rodrigues Jr.
Ano: 1991
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 2
Número: 1
Páginas: 52-68
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: sexo oro-genital; estudantes universitárias; cunilíngua; felação; sessenta-e-nove; oral sex; female college studentes; cunilingus; fellatio; sixty-nine
Língua: Portuguese

Resumo: Objetivando reconhecer a existência da prática do sexo oro-genital em relacionamento heterossexual entre universitárias de uma faculdade particular da Grande São Paulo, desenvolveu-se um questionário, aplicado a 100 universitárias com idade entre 18 e 30 anos. A grande maioria referiu a prática do sexo oro-genital (82,95%), em especial como preliminares (70,12%), visando a excitação sexual (56,76%). A prática do “69” (estimulação oro-genital mútua) atingiu 69,01%. A cunilíngua é preferida à felação (54,69% contra 15,62%) pelo prazer obtido ao receber a estimulação oro-genital.As estudantes que referiam não praticar o sexo oro-genital mostravam também certo desconhecimento da sexualidade humana e presença de concepções errôneas (a exemplo de não praticar sexo oral por ser virgem!). ; In order to recognize the habit of oral sex in man-woman sexual relations among female college students, a questionary was developed and one hundred college students among 18 to 30 years of age answered it. The great majority of female college students referred to practice oral sex (82,95%), specially as preliminaries (70,12%) objecting sexual arousing (56,76%). The habit of “69” (mutual oral sex) was referred by 69,01%, cuni- lingus was refered better than fellatio (54,69 against 15,62%) for pleasure achived. The students that refered not to practice oral sex also showed certain unknowledge of human sexuality and wrong concepts (e. g., avoid oral sex because of virginity).

Entrar