O orgasmo na vida sexual da mulher contemporânea

Título: O orgasmo na vida sexual da mulher contemporânea
Autor(es): K. E. M. S. Prata and C. A. Dias
Ano: 2008
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 19
Número: 1
Páginas: 18-32
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: simulação do orgasmo; auto-estima; ato sexual; sexualidade; orgasm simulation; self-esteem; sexual intercourse; sexuality
Língua: Portuguese

Resumo: Embora as transformações ocorridas no último século tenham levado a mulher a reclamar o direito ao prazer, são encontrados, na prática clínica, pacientes cuja problemática está centrada na insatisfação sexual. Diante do temor de colocar em risco sua autoestima e o relacionamento, a mulher faz uso da estratégia de simulação do orgasmo. Esta pesquisa tem como objetivo identificar as variáveis que levam a mulher, na atualidade, a simular o orgasmo durante o ato sexual. Para atendimento do objetivo proposto, utilizou-se de entrevista estruturada domiciliar, e de um formulário próprio para registro dos dados coletadas. Participaram da investigação 200 mulheres com experiência sexual, residentes na cidade de Governador Valadares. Constatou-se que apesar de simularem o orgasmo, as mulheres se sentem competentes e realizadas. Foi também observado que quando tal comportamento se torna uma prática recorrente, o sentimento de amor para com o parceiro reduz-se gradativamente. / Though the transformation that occurred during last century caused the woman to demand the right of pleasure, one finds patients – in clinical practice – whose problematical condition is centered around sexual dissatisfaction. In the face of fear of risking her self- esteem and the relationship the woman makes use of the strategy of orgasm simulation. This research aims at identifying the variables that cause the woman – in fact – to simulate orgasm during sexual intercourse. In order to attend to the proposed objective a structural home interview was used and a proper form to register the collected data. Two hundred women with sexual experience participated in the research, all residents of the city of Governador Valadares. One noticed that despite simulating orgasm the women feel competent and fulfilled. It was also observed that when such behavior becomes a regular practice the sentiment of love towards the partner reduces gradually.

Entrar