O exercício da sexualidade na adolescência. I. Aspectos biopsicossociais

Título: O exercício da sexualidade na adolescência. I. Aspectos biopsicossociais
Autor(es): N. Vitiello and I. S. C. Conceição
Ano: 1990
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 1
Número: 2
Páginas: 15-28
Tipo de Artigo: Opinião
ISSN: 0103-6122

Resumo: A adolescência, compreendida como fase peculiar de transição biopsicossocial, é um período caracterizado pelas transformações biológicas e pela busca da definição de um papel social, determina- do pelos padrões culturais do meio. Essa conceituação, exarada do Seminário Latino-Americano sobre a Saúde do Adolescente, chama a atenção para a complexidade do problema. De fato, os aspectos biológicos estão de tal maneira imbricados com aqueles de fundo psicossocial, que a interdependência e a interação entre eles é completa. Por esse motivo é impossível compreender bem os aspectos ligados ao exercício da sexualidade e sobre eles influir, sem uma compreensão global da adolescência. Torna-se, assim, evidente que apenas como metodologia de abordagem pode-se falar, isoladamente, em uma faceta especial da questão - a sexualidade - uma vez que esta é apenas uma das pontas aparentes desse emaranhado de fios. (resumo indisponível, trecho do artigo).

Entrar