Implantação da disciplina sexualidade e educação na Universidade Federal da Bahia

Título: Implantação da disciplina sexualidade e educação na Universidade Federal da Bahia
Autor(es): T. C. P. C. Fagundes
Ano: 1996
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 7
Número: ned2
Páginas: 131-134
Tipo de Artigo: Edição Especial
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: O presente artigo relata o processo de implantação da disciplina Sexualidade e Educação na Universidade Federal da Bahia. Faz referência aos pressupostos que nortearam a sua criação, objetivos, caracterização acadêmica, metodologia de ensino e de avaliação além de um breve comentário sobre os resultados dos primeiros semestre de seu funcionamento. Sua divulgação pretende ser um estímulo à criação de outras disciplinas para cursos universitários que visam a formação do Educador ou outros profissionais que lidam com a formação integral do Homem. pela complexidade que a envolve como também por se configurar como uma questão que requer uma intervenção social, uma vez que pelos seus fins mais específicos a sue projeção se dá na sociedade e sobre ela produz seus efeitos. Razões históricas transformaram a sexualidade em um tema desfigurado, pouco transparente e abordado sem a percepção de sua essência. A atuação do Programa de Educação Sexual, do Departamento de Biologia Geral do Instituto de Biologia da UFBA, traduzida pelo desenvolvimento de pesquisas, de atividade de extensão e publicações, mostrou a necessidade de se ampliar a compreensão da sexualidade, de aprofundar conceitos e revisar valores, através de cursos de formação de profissionais que lidem com a educação de crianças, de adolescentes e de adultos. Ademais, a constatação nos dias atuais de problemas relacionados diretamente à falta de educação sexual, tais como o crescente número de gestações não planejadas, a prática desenfreada de abortos por jovens e adultos, o aumento dos casos de AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, reforçam a necessidade de repensar o ver, o sentir e o agir no que se refere à sexualidade, enquanto dimensão fundamental da integridade humana. A criação e implantação de uma disciplina com as característica desta que ore apresentamos, buscou suprir as carências diagnosticadas bem como possibilitar a difusão de discussões sistemáticas sobre sexualidade, na UFBA, a exemplo de outras instituições de ensino superior brasileiras como as Federais do Paraná e do Rio de Janeiro (Andrade, 1986 e Serapião, 1991).

Entrar