Fantasias sexuais dos travestis

Título: Fantasias sexuais dos travestis
Autor(es): M. J. d. O. Benites
Ano: 1996
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 7
Número: ned1
Páginas: 26-43
Tipo de Artigo: Edição Especial
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: Este estudo tem a pretensão de abordar dois temas extensos e envolventes. A fundamentação teórica dos mesmos foi possível, com base na bibliografia disponível e que se teve acesso no momento. Fantasia, é um tema relativamente explorado por diversos autores, que desenvolvem pesquisas e escrevem sobre suas experiências e descobertas. É um tema fantástico, que não se esgota por si mesmo, principalmente quando se aborda as fantasias sexuais. Considerando-se que uma de suas principais características, é a ausência de limites e a magia que a envolve “dissolve as repressões e restrições da realidade. Como todo imaginário erótico, ele se enfoca na satisfação do prazer”. (Parker, 1991, p. 169). Travesti, surge no estudo com as definições utilizadas pelos estudiosos que diferem do significado popular do termo. Mas, no decorrer do texto aparece entre aspas, porque está sendo usado conforme o entendi- mento popular. Também é um tema fascinante e curioso, que possibilita vários tipos de estudos e pesquisas. “O universo dos travestis não é mais e nem menos complexo que nenhum outro. Apenas como qualquer outro, contém especificidades que exigem cuidados específicos”. (Silva, 1993, p. 82). A pesquisa apresenta outra ilustração do texto, na realidade foi um questionamento sobre as fantasias sexuais dos “travestis”, que se dedicam à prostituição nas ruas de Blumenau e que estão envolvidos no projeto de “Assistência à Prostituição”, desenvolvido pela Secretária Municipal de Saúde.

Entrar