Editorial RBSH 2016 27(2)

 

Título: Editorial RBSH 2016 27(2)
Autor(es): A. C. C. Gonçalves and I. Finotelli Jr.
Ano: 2016
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 27
Número: 2
Páginas: 7-7
Tipo de Artigo: Editorial
ISSN: 2236-0530
Língua: Portuguese

Resumo: Este número da Revista Brasileira de Sexualidade (RBSH) traz algo inédito na sua história, pela primeira vez que publicamos um número da RBSH contendo artigos de um único grupo de trabalho. Algo parecido aconteceu em edições dedicadas a pessoas, por exemplo, a homenagem feita à educadora sexual, Maria do Amparo Rocha Caridade. Os autores responsáveis pelos artigos fazem parte do Programa de Educação Tutorial (PET) Sexualidade do Instituto Federal de Educação e Ciência e Tecnologia (IFRJ). Trata-se de um grupo de pesquisa sob a orientação da tutora e professora Dra. Patrícia Alexandra Santos Schettert do Valle com o objetivo de estudar a saúde da mulher e sua sexualidade. O PET tem ainda como proposta desenvolver a prática de educação sexual em todas as fases do ciclo da vida, principalmente para os adolescentes e jovens. A RBSH está a serviço da ciência com conteúdo dedicado a todxs, sendo zelada pela SBRASH e seus associados. As limitações para esta publicação estão concentradas no conteúdo e qualidade dos textos recebidos e não às instituições, títulos ou quaisquer marcadores sociais que possam caracterizar pessoas. Desta forma, fica o convite para que aqueles que mantêm um trabalho compartilhado e comprometido com a sexualidade humana. A revista sempre esteve aberta para produzir edições específicas seja sobre um grupo, seja sobre uma temática. O processo de avaliação de artigos mantém o mesmo rigor. Consideramos ainda que a vantagem de uma publicação com essa característica é ter uma visão sobre as atividades acadêmicas desenvolvidas em programas dessa natureza, ampliando o conhecimento sobre grupos de pesquisa no Brasil. Além dos artigos, uma entrevista foi realizada com a coordenadora do PET Sexualidade, a doutora em saúde pública Patrícia Schettert, e duas resenhas: a do livro Histórias das sexologias brasileiras, organizado por Oswaldo Martins Rodrigues Jr., e da tese de doutorado da Alessandra Diehl Disfunção sexual, aborto, diversidade sexual, comportamento sexual de risco e crime em uma amostra de usuários de drogas não injetáveis. Agradecemos o interesse da coordenadora do PET Sexualidade e esperamos que a iniciativa possa estimular novos grupos. Que todxs possam apreciar a leitura!

 

Entrar