Desgaste diádico das relações conjugais: um desafio para a manutenção do amor e do desejo

Título: Desgaste diádico das relações conjugais: um desafio para a manutenção do amor e do desejo
Autor(es): F. Ferraz, C. A. Dias and A. R. d. Almeida
Ano: 2008
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 19
Número: 2
Páginas: 17-28
Tipo de Artigo: Trabalhos de Pesquisa
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: amor; desejo; desgaste diádico; expectativas conjugais; estratégias conjugais; love; desire; daily wear and tear; conjugal expectations; conjugal strategie
Língua: Portuguese

Resumo: Além de expectativas, homem e mulher levam para a vida conjugal crenças e valores provenientes da história familiar e contexto sociocultural de que são originários. O desgaste diádico das relações favorece o surgimento de atitudes desagradáveis, podendo levar à aversão. Esse estudo avalia a possibilidade de manutenção do amor, desejo e prazer sexual, apesar do desgaste provocado pela rotina conjugal. Foram entrevistados 54 homens e 85 mulheres valadarenses com pelo menos cinco anos de relacionamento. Constatou-se que a participação ativa da mulher no mundo do trabalho, disputas pelo poder, frustrações decorrentes da não concretização de expectativas e o não envolvimento do homem nas tarefas domésticas, favorecem mágoas, desinteresse e até inapetência sexual dificultando a manutenção do amor e desejo. Em função deste desgaste, o amor conjugal se manifesta de forma mais moderada do que no início da relação sem que isto represente sua falência. Muitos casais criam estratégias para reaquecimento das relações. ; Besides expectations man and woman introduce into marital life beliefs and values originating from the family history and the social-cultural context. The daily wear and tear of the relationships favors the appearance of unpleasant attitudes that can lead to aversion. This study evaluates the possibility of the maintenance of love, desire and sexual pleasure in spite of the wear and tear caused by conjugal routine. Both men and women with at least a five-year relationship from Governador Valadares were interviewed. It was observed that active participation of the woman in the labor field, power disputes, frustrations resulting from unfulfilled expectations and the lack of participation of the man in household chores favor hurt, disinterest and even sexual inability, making the maintenance of love and desire more difficult. Because of this wear and tear conjugal love manifests itself in a more moderate form than in the beginning of the relation without causing its fallacy. Many couples create strategies to heat up their relations again.

Entrar