Contribuições acadêmicas ao enfrentamento da violência sexual nas universidades brasileiras

Título: Contribuições acadêmicas ao enfrentamento da violência sexual nas universidades brasileiras
Autor(es): M. S. Pereira
Ano: 2015
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 26
Número: 2
Páginas: 75-84
Tipo de Artigo: Trabalhos de Congresso
ISSN: 2236-0530
Palavras-chave: violência sexual; violência de gênero; mulheres universitárias; direitos humanos; educação; sexual violence; gender violence; female students; human rights; education
Língua: Portuguese

Resumo: A violência sexual assume contornos específicos no ambiente universitário, com características que dificultam sua percepção e enfrentamento. Uma vez que o ingresso no ambiente universitário representa não apenas a perspectiva de formação acadêmica, mas principalmente o acesso a direitos básicos, a violência sexual representa mais do que uma violação de direitos, configurando-se como um obstáculo ao pleno exercício da cidadania. Com a crescente tendência de comunidades universitárias fomentarem as denúncias e apoiarem as vítimas, exigindo intervenções, ações institucionais vêm sendo tomadas, a exemplo da CPI das Universidades e da criação da Rede Quem Cala Consente, na Universidade de São Paulo (USP). Esta revisão bibliográfica objetivou reunir estudos cujo intuito seja mapear o cenário de violência sexual em universidades brasileiras, para levantar que tipo de contribuições ao enfrentamento da violência a academia tem fornecido, comparando-os, em seguida, àqueles relacionado à violência de gênero e aos estudos internacionais sobre violência sexual universitária. / Sexual violence in the universities context acquires specific characteristics which turn even more difficult to perceive and confront aggressions. Since university attendance is more than a perspective for academic education, representing basic human rights access, sexual violence typify an obstacle to full exercise of citizenship rather than just an individual violation. Seeing that university students have been gathering to promote denunciation, support victims and demand for interventions, institutional actions - as the designated commission of parliamentarians that investigated human rights violations in São Paulo and the network Rede Quem Cala Consente, at Universidade de São Paulo (USP) – are now ongoing. This review aimed to gather studies whose purpose was to map the sexual violence scenario at Brazilian universities, so we could detect in which ways academy has been contributing to sexual violence confrontation, and compare them to international studies on the same topic as well as to studies on gender violence.

Entrar