Da filosofia a fisiologia - Os descaminhos do desejo

Título: Da filosofia a fisiologia - Os descaminhos do desejo
Autor(es): P. R. B. Canella
Ano: 2005
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 16
Número: 1
Páginas: 25-34
Tipo de Artigo: Trabalhos de Congresso
ISSN: 0103-6122
Palavras-chave: filosofia; neurofisiologia; desejo; philosophy; neurophysiology; desire
Língua: Portuguese

Resumo: O autor discorre sobre as relações entre a filosofia e a fisiologia tentando mostrar que ambas surgiram simultaneamente.  Examina o conceito de desejo através da etimologia dos termos que foram usados desde a antiguidade para nomear os diversos tipos de desejo o que sempre esteve ligado a sexualidade salvo na etimologia da palavra no Latim tardio. Finaliza examinando as tentativas de, através da neurociência, encontrar uma tradução física para as emoções, motivações, comportamentos depois de discorrer sobre a evolução dos conhecimentos e das metodologias usadas para se chegar a verdades que se revelam sempre provisórias e aprimoráveis. The author describes the relationships between philosophy and physiology trying to show that both appeared simultaneously. He examines the concept of desire through the etymology of the terms since antiquity to name several types of desire always linked to sexuality except in the etymology of the word in late Latin language. He concludes, through the neuroscience that he could find a physical translation for emotions, motivations, behaviors through the evolution of the knowledge and of the methodologies used to come to truths that are always revealed temporal and to be better.

Entrar