Inadequação sexual feminina: causas psicossociais

Título: Inadequação sexual feminina: causas psicossociais
Autor(es): O. Fiorda
Ano: 1992
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 3
Número: 1
Páginas: 35-38
Tipo de Artigo: Opinião
ISSN: 0103-6122
Língua: Portuguese

Resumo: Fisicamente, uma das condições básicas para um bom relacionamento sexual é a integridade dos órgãos genitais e dos sistemas circulatório, neurológico e endócrino, estruturas participantes de sua função. Mesmo num corpo sadio o aparelho sexual é altamente vulnerável à tensão emocional, ansiedade e angústia, além de sujeito a alterações por condicionamentos negativos. Assim, tudo o que provocar qualquer tipo de tensão psíquica, que interfira com a expansão do “si mesmo”, pode ser considerado como causa de disfunção. As dificuldades podem ser de ordem pessoal de um ou de outro parceiro, ou de ordem relacional, isto é, dificuldade na comunicação entre os parceiros. Sabemos que o meio ambiente pode ser funcional ou disfuncional. O meio funcional seria aquele que propiciasse ao indivíduo um ambiente acolhedor, receptivo, carinhoso, enfim um meio que suprisse as necessidades físicas e afetivas; o meio disfuncional é aquele que não cumpre essas premissas. Podemos seguramente dizer que uma das funções fisiológicas humanas a sofrer maior influencia do meio ambiente é a sexual. Nossa psique sexual interage intensamente com o “habitat” cultural. Somente o conhecimento da verdadeira funcionalidade dos órgãos genitais e o desprendimento das influências ambientais liberam e adequam a sexualidade individual. Principalmente os jovens tem problemas, às vezes por darem maior crédito ao que ouviram falar do que aquilo que realmente estejam sentindo. (resumo indisponível, trecho do artigo).

Entrar