Nota de Repúdio

Rio de Janeiro, 1 de julho de 2016

A Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana, por meio de sua Diretoria, vem a público se pronunciar mediante acontecimentos mundiais frequentes de violência em suas mais diversas instâncias.

Em ato, manifestar repúdio a toda forma de violência, seja através de agressão física, psicológica, sexual, ou de qualquer outra instância, ultimamente expressos em eventos divulgados na mídia evidenciando a cultura do estupro, da homofobia registrada em locais público, algumas ainda sob investigação; da agressão de gênero e outras formas.

Tornamos pública a nossa manifestação contrária a qualquer expressão que agrida os direitos humanos em especial aos direitos sexuais de qualquer indivíduo. A referida pronúncia é para que seja respeitada toda e qualquer forma de expressão da sexualidade que esteja dentro dos limites éticos e legais, mediante os mais diversos públicos. Em nome da Diretoria da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana,

Marlon Mattedi
Secretário da SBRASH
Gestão 2016-2017

Entrar