logo 19 redor

 

Sob a coordenação da Delegada Estadual, Tereza Cristina Pereira Carvalho Fagundes, a SBRASH contribuirá com duas atividades no XIX Encontro Internacional da Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisas sobre Mulher e Relações de Gênero. O evento organizado pela Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher e Relações Gênero (REDOR), é o principal palco de diálogos sobre gênero e sexualidade que transbordou país a fora!

Nesta edição o encontro discutirá a transversalização de gênero na produção do conhecimento e nas políticas públicas, reconhecendo que a perspectiva de gênero e a categoria analítica gênero atravessam todos os campos de prática e de conhecimento, representando um caminho profícuo para a promoção da equidade de gênero e a efetivação dos direitos das mulheres e das pessoas LGBTQI.

A SBRASH agradece a abertura dos espaços para diálogo e convida à participação, acesse: http://www.encontroredor.com.br/. Conheça as atividades contribuídas pela Delegada e Associadas:

Formação de educadoras/es em sexualidade e gênero
Mesa Redonda - 15 de Junho de 2016 - 14h00 às 15h30

  • Formando educadoras/es em Sexualidade e Gênero na Universidade Federal da Bahia - Tereza Cristina Pereira Carvalho Fagundes (UFBA)A experiência do Programa de Educação Sexual (PROEDSEX) do Instituto de Biologia: de ações educativas pontuais a cursos de longa duração e implantação da disciplina Sexualidade e Educação. O Grupo de Estudos em Filosofia, Gênero e Educação (GEFIGE) do PPGE/UFBA: pesquisa, extensão e ensino. Implantação da disciplina Educação, Sexualidade e Gênero.
  • Curso de formação em Gênero e Sexualidade da UNEB / Senhor do Bonfim-Ba - Maria José Souza Pinho (UNEB): Vivências sobre um curso de formação continuada em Gênero e Sexualidade para a rede estadual da Bahia - de aluna a formadora de professores de Biologia. Criação de uma disciplina específica no Departamento da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) / Senhor do Bonfim-Ba.
  • Sexualidade e gênero mediatizados pela Literatura Infantil - Rita de Cassia Costa Moreira (UFSCar): Produção de Leitura de textos da literatura infantil (linguagem verbal e não verbal) na perspectiva dos estudos de gênero e sexualidade. Análise das representações de gênero e das relações de poder que se evidenciam nesses textos. A importância desta abordagem na formação de educadoras/es.

Formação de educadoras/es em sexualidade e gênero – como começar?
Mini Curso - 15 de Junho de 2016 - 08h00 às 12h00

  • Políticas públicas de formação de educadoras/es em sexualidade e gênero - Vanessa Nascimento Machado (Mestranda em Crítica Cultural. Especialista em Educação Sexual /UNEB/Alagoinhas. Associada SBRASH)
  • Práticas pedagógicas na formação de educadoras/es do ensino fundamental e médio em sexualidade e gênero - Vanda Maria Campos Salmeron Dantas (Mestre em Ciências Sociais - UNIT/Aracaju)
  • Práticas pedagógicas na formação de educadoras/es no Ensino Superior - Tereza Cristina Pereira Carvalho Fagundes (Doutora em Educação – UFBA. Delegada SBRASH)

Entrar